Não É o Homossexual Que É Perverso, mas a Situação em Que Ele Vive

Não É o Homossexual Que É Perverso, mas a Situação em Que Ele Vive

Modelo: LM7453
Disponibilidade: Em Estoque

Preço: R$ 12,00

Um drama sobre relacionamentos homossexuais, este filme é tão militante quanto o título sugere e trouxe grande notoriedade para Rosa von Praunheim no Novo Cinema Alemão que surgia com força total no cenário mundial em 1971. Ele critica severamente os 'gays' pelos valores burgueses que eles seguem (consumismo, elitismo e romantismo, entre outros) e pela falta de um envolvimento político radical. 
 
Praunheim desaprova os 'gays' que fazem de suas preferências sexuais o fator de motivação central de suas vidas, ao invés de se concentrar no desenvolvimento de alternativas às instituições de classe média e aos valores que elas representam. Ele se manifesta a favor de um novo tipo de política sexual no qual homossexuais se unem a mulheres e negros em uma ação conjunta baseada na maior compreensão de sua identidade sexual e sua relação com a ordem estabelecida.
 
O filme é, inicialmente, a história de Daniel e seu amante Clemens. O relacionamento não dura muito; Daniel abandona Clemens e passa por várias experiências homossexuais em Berlim, relatadas através de 'tableaux vivants'.
 
 
Gênero: Drama, Experimental
Diretor: Rosa von Praunheim
Duração: 67 minutos
Ano de Lançamento: 1971
País de Origem: Alemanha - Título Original: Nicht Der Homosexuelle Ist Pervers, Sondern Die Situation, In Der Er Lebt
Idioma do Áudio: Alemão  -  Legendas: Português
 
Elenco:
Berryt Bohlen, Bernd Feuerhelm, Ernst Kuchling, Norbert Losch

Fazer um comentário

Seu nome:


Seu comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim            Bom

Digite o código da imagem: